Aprovado projeto que inclui Mostra do Vinho no calendário oficial do Estado

Evento acontece desde 2011 e aproxima o setor vitivinícola da população

O projeto 191/2017, que inclui a Mostra do Vinho Catarinense no calendário oficial de eventos do Estado, foi aprovado por unanimidade na Assembleia Legislativa. A Mostra acontece desde 2011 no período em que é comemorado o Dia do Vinho no Estado (primeiro domingo de junho), e reúne vinícolas de diversas regiões. Além de uma exposição de produtos, o evento promove atividades como degustações, visitas a vinícolas, palestras e lançamento de obras que têm a cultura do vinho como pano de fundo.

A sexta edição do evento aconteceu em Videira, em julho deste ano, e em 2018 a cidade que recebe a Mostra é a vizinha, Tangará. Conforme o autor do projeto e um dos criadores da Mostra, deputado Padre Pedro Baldissera, a inclusão no calendário de eventos foi solicitada pelas regiões onde há forte presença da atividade vitivinícola, como Meio Oeste e Serra. “Os catarinenses ainda desconhecem a ótima qualidade dos vinhos, sucos e espumantes produzidos no Estado e a Mostra, junto do Dia do Vinho e da Rota da Uva e do Vinho, criam esta aproximação”, defende o parlamentar.

Ampliação do enoturismo

Padre Pedro lembra que a Mostra, como outras mobilizações do setor vitivinícola, influencia diretamente a rede turística e gastronômica que se desenvolve paralela à produção de vinhos no Estado. “É mais um impulso ao enoturismo que esperamos capitalizar cada vez mais, como aconteceu na Serra Gaúcha”, observa.

Desde 2013 as Mostras incluem oficinas e degustações de vinho em sua programação, que acontecem em diversos espaços abertos ao público. A ideia é popularizar a cultura do vinho utilizando marcas catarinenses, o que aumenta o interesse dos consumidores pelos vinhos, sucos e espumantes produzidos no Estado.

Leis auxiliam avanços

O Dia do Vinho Catarinense já está no calendário oficial do Estado desde 2009, depois da aprovação e sanção de um projeto apresentado por Padre Pedro, transformado na Lei 14.711/2009. A ideia surgiu dos debates da Feira Camponesa da Uva, em Tangará, onde também foram sugeridas as matérias do Fundo Estadual de Vitivinicultura (em andamento), da inclusão do suco de uva na alimentação escolar (Lei 14.995/2009) e a Rota da Uva do Vinho em SC (Lei 16.873/2016).

“A ideia é criar espaços que destaquem a qualidade dos vinhos catarinenses, que apesar de premiados e reconhecidos, ainda são desconhecidos dos consumidores do próprio Estado. O Dia do Vinho, a Rota e a Mostra são instrumentos, junto de várias outras iniciativas. Além disso, quando consumimos os produtos da vitivinicultura catarinense estamos valorizando o trabalho de milhares de famílias da agricultura camponesa”, complementa o parlamentar. 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s